26 Julho, 2017 12:20

Declaração de Vida pode ser feita por procurador ou curador

Os servidores inativos e pensionistas com dificuldades de locomoção para ir ao cartório a fim de fazer a Declaração de Vida, uma das exigências da Atualização Cadastral realizada pela Secretaria de Administração e Previdência (SeadPrev), devem constituir um procurador com firma reconhecida para assinar o documento no lugar deles caso não tenham ainda.

As procurações públicas são feitas em cartórios. Quem já tiver o documento deve prestar atenção quanto à validade. “Algumas procurações têm prazo estabelecido e outras valem por tempo indeterminado”, alertou o secretário Franzé Silva.

Já para os casos em que o aposentado e o pensionista não têm mais condição de passar procuração é necessário ter um curador, na forma da legislação civil.

Depois de fazer a atualização cadastral via online através do site www.atualizacao2017.pi.gov.br ou por meio do aplicativo de celular “Piauí na Palma da Mão”, o aposentado e pensionista juntam a Declaração de Vida, cópias autenticadas da procuração pública e do RG do inativo ou pensionista e do procurador.

A próxima etapa é encaminhar os documentos para a Secretaria de Administração e Previdência, Av. Pedro Freitas, Bloco 1 - Centro Administrativo - Bairro São Pedro, Teresina-PI - 64.018.900.

Contato para informações: 0800-2803655.